Como os Recursos Humanos foram reinventados pela Netflix

Quando Reed Hastings e Marc Randolph fundaram a Netflix em 1997 como um serviço online de locação de filmes, era difícil imaginar que, 20 anos depois, a empresa seria equivalente ao principal serviço de TV por Internet do mundo. Hoje, a empresa oferece filmes, documentários e séries, incluindo conteúdo original, para mais de 86 milhões de assinantes em mais de 190 países.

No entanto, a Netflix não reinventou apenas a forma de assistir conteúdo televisivo. De acordo com a consultora Patty McCord, que atuou como diretora de talentos na empresa entre 1998 e 2012, a Netflix também reinventou os Recursos Humanos.

As inovações na área de RH

Em artigo para a Harvard Business Review, McCord vai além dos pontos básicos para descrever a forma como a empresa atrai, retém e gerencia talentos. E ela ressalta que, ao chegar à companhia, esperava que fosse imitar as melhores práticas de Recursos Humanos aplicadas por outras empresas. Para McCord, contudo, não há razão para a equipe de RH não ser inovadora também e, com isso, trouxe novidades a esta área na Netflix.

A consultora havia assinado um documento que continha as mudanças na área de RH. O conteúdo não passou despercebido e já contabilizou mais de 13 milhões de compartilhamentos no Slideshare. No entanto, algumas ações da cultura da empresa não foram bem recebidas inicialmente. Entre elas, os colaboradores poderiam sair de férias quando julgassem que fosse apropriado.

Além disso, a empresa evidencia a demanda por funcionários autossuficientes que se sintam responsáveis pela empresa. Se o gestor fala de forma simples e honesta sobre o desempenho do colaborador, os resultados não apenas serão alcançados, como também serão, provavelmente, ainda melhores do que se a companhia avaliasse os funcionários em uma escala de pontos ou realizasse avaliações apenas anuais, ao invés de contínuas.

Gestores têm a função de criar ótimas equipes

Pense nos objetivos que sua equipe deve atingir daqui a seis meses ou um ano. Quais são os resultados esperados? O que deverá estar diferente do trabalho que é feito hoje? Quais são as habilidades necessárias para alcançar essas conquistas? Para isso, tenha conversas francas sobre permitir que os colaboradores atuem em áreas onde suas habilidades serão mais bem aproveitadas. Além disso, é essencial recrutar os profissionais com as habilidades que a empresa precisa. Você pode fazer isso, por exemplo, ao contratar estagiários, já que eles trazem uma série de vantagens à empresa.


Por fim, fique de olho nas seguintes dicas para você também aplicar na sua empresa:

  • Líderes têm a função de criar a cultura da companhia
  • Ter um discurso consistente
  • Certificar-se de que os colaboradores entendam as alavancas que direcionam o negócio

Gostaria de nossa ajuda para buscar novos talentos para sua empresa por meio do Programa Juventude Aprendiz, Estágio, ou Trainee? Entre em contato conosco! Ou solicite convênio aqui.