Contratação de PCD: entenda como contratar pessoas com deficiência

Contratação de PCD

A contratação de PCD, sigla para pessoas com deficiência, é encarada por muitas empresas como um desafio por conta das dúvidas e dificuldades que os recrutadores e gestores encontram quando pesquisam como contratar PCD.

Quer saber tudo sobre a contratação de PCD? Confira os principais tópicos abaixo:

Contratação de PCD: Lei de Cota

A inclusão de profissionais com deficiência no mercado de trabalho está assegurada de acordo com a lei nº 8.213, de 1991, a Lei de Cotas. Regulamentada só em 1999, por meio do decreto nº 3.298, sua implantação ocorreu de forma lenta.

De acordo com a lei, a obrigatoriedade da contratação de PCD é aplicada nas empresas com 100 ou mais colaboradores, em um percentual que varia entre 2% e 5%.

  • 100 a 200 funcionários:preenchimento de 2% das vagas.
  • 201 a 500 funcionários:preenchimento de 3% das vagas.
  • 501 a 1000 funcionários:preenchimento de 4% das vagas.
  • Mais de 1001 funcionários: Preenchimento de 5% das vagas.

Não há atividade econômica cujas empresas estejam desobrigadas de cumprir a Lei de Cotas. O entendimento é de que toda e qualquer organização possui cargos e funções para os quais é possível a contratação de PCD.

Cabe a Secretaria do Trabalho fiscalizar se as empresas cumprem a Lei de Cotas, e a empresa que descumpri-la poderá ser multada. O valor da penalidade é calculado por colaborador PCD não contratado, de acordo com a cota estabelecida.

Recrutamento e Seleção

Apesar da lei determinar a reserva de vagas para contratação de PCD, é preciso  encarar o processo de seleção de PCDs não com uma mera etapa do cumprimento da Lei de Cotas e sim como uma busca de um colaborador qualificado para ocupar uma posição na empresa.

Para iniciar o processo de recrutamento, é necessário descrever as qualificações exigidas e as obrigações da vaga e ressaltar como é a acessibilidades do local do trabalho. É importante ter em mente quais as demandas o trabalho exige e não a forma como o trabalho deve ser executado. Um candidato com deficiência pode ser capaz de demonstrar que pode realizar tarefas se tiver apoio e flexibilidade.

Além das competências do colaborador, é preciso levar em consideração a correspondência do candidato às atividades inerentes à função. Por isso, é preciso verificar seus níveis de autonomia e as responsabilidades que ele terá na rotina de trabalho.

Durante a entrevista, é importante fazer perguntas sobre a deficiência do candidato apenas para fins legítimos e não discriminatórios, com o intuito de identificar quais ajustes razoáveis podem ser necessários.

Vantagens da contratação

A contratação de pessoas com deficiência possibilita um caráter inclusivo e de responsabilidade social, que mostram o comprometimento da empresa com os tópicos abaixo.

  • Melhoria da Acessibilidade: Ao contratar PCDs, a empresa fica atenda a questões como a acessibilidade. Dessa forma, a organização fica preparada para receber pessoas com deficiência no geral, desde funcionários à clientes. Os eventos que forem organizados serão mais acessíveis a todos, trazendo uma imagem positiva para a empresa e possibilitando uma ampliação do acesso à sede da corporação.
  • Gestão Humanizada: Cooperação e valorização dos colegas são excelentes aprendizados que uma PCD pode trazer para aequipe. Os profissionais podem aprender mais sobre inclusão e ajuda mútua, valorizando a importância da participação de todos no bom desempenho nos negócios
  • Responsabilidade Social: Quando a empresa agrega pessoas com deficiência ao time e investe em uma inclusão real, tanto social quanto estrutural, os resultados são muito positivos. A impressão que a empresa irá passar é de responsabilidade social e jurídica, humanidade e inclusão.

Busca auxílio para a contratação de pessoas com deficiência na sua empresa? Quer saber mais informações sobre o Programa PCD desenvolvido pela Fundação Mudes?

A Fundação MUDES pode te oferecer suporte completo, desde a divulgação das vagas até o processo de recrutamento e seleção. Entre em contato conosco aqui.

Se preferir, entre em contato conosco pelo telefone (21) 3094-1149 ou whatsapp (21) 98669-0848 ou email comercial@mudes.org.br