Gerações Diferentes

Gerações diferentes em harmonia no ambiente de trabalho

Hoje as organizações convivem com quatro tipos diferentes de gerações: os Baby Boomers, nascidos logo após a Segunda Guerra Mundial;  a geração X, indivíduos que nasceram entre 1960 até e 1980; a geração Y, nascidos entre o final da década de 70 e início dos anos 90; e a Z ou millennials, que inclui pessoas nascidas entre 1992 a 2010.

Reunir gerações com valores tão diferentes, experiências distintas e estilos de comunicação variados é um desafio para as empresas. No entanto, é possível ter um ambiente de trabalho saudável através da adoção de algumas práticas.

Práticas para integrar os diferentes tipos de gerações no ambiente de trabalho

 

Valorize habilidades

Saber valorizar o que há de melhor em cada geração é o ponto de partida. Se a empresa precisa de uma solução criativa, busque os jovens. Como nativos da era tecnológica, eles podem ser melhores nessa área. Da mesma forma que os Baby Boomers e os da geração X se saem muito bem no papel de orientar os colaboradores das gerações Y e Z.

Incentive o aprendizado

Com base nisso, é importante também incentivar o aprendizado entre gerações. Cada uma delas oferece lições valiosas para o dia a dia. Os mais jovens podem aprender com os Baby Boomers e com os da geração X como desenvolver habilidades para situações mais analíticas e que dependem de paciência. Em contrapartida é possível aprender com os mais jovens as novas tendências do mercado de trabalho e como se conectar com o mundo digital.

Motivação em equilíbrio

É importante ressaltar que as gerações têm formas diferentes de se motivar. Os mais velhos encontram incentivo na própria essência do trabalho. Já os jovens necessitam de feedbacks e certo grau de reconhecimento para orientar seus projetos e objetivos. O gestor, portanto, deve incentivar o equilíbrio entre estes dois pontos. É necessário explicar a seus colaboradores mais velhos que este reconhecimento é válido e, aos mais jovens, que elogios não serão feitos a todo o momento.

Comunicação diversificada

A forma de comunicação entre as gerações dentro da empresa também deve ser avaliada com cautela. As organizações precisam disponibilizar meios diversos para que seus colaboradores possam eleger àquele que melhor se adapta. No entanto, as pessoas devem estar dispostas a aprender de tudo um pouco: desde a se comunicar verbalmente ou por telefone (no caso dos mais jovens) a utilizar meios mais tecnológicos (no caso das gerações mais velhas).

(Gostaria de nossa ajuda para buscar novos talentos para sua empresa por meio do Programa Juventude Aprendiz, Estágio, ou Trainee? Entre em contato conosco!)