Tendências do RH para 2019 que você precisa conhecer

Tendências do RH

Em meio a tantas mudanças, é necessário estar atento às novas estratégias. O dinamismo do mercado de trabalho não admite que os profissionais de Recursos Humanos fiquem desatualizados. Por isso, vamos apresentar as principais tendências do RH para 2019 que já estão sendo colocadas em prática.

Elaboramos este texto para que você conheça as principais novidades para o ano de 2019. Confira se você está por dentro do que acontece no mercado:

Tendências do RH para 2019

1) Novos modelos de contratação

O avanço da automação da produção vai impactar diretamente não apenas os profissionais, mas também sua carga horária, método de trabalho e tipo de contrato. A  forma celetista (sob as regras da CLT) está dando espaço à terceirização e mais recentemente aos profissionais freelancers (trabalhadores autônomos).

A terceirização se mostra uma boa alternativa quando exige expertise muito específica e que não faz parte do core business da empresa. As organizações tem a opção de contratar pessoas para projetos específicos, sem o ônus do pagamento de salários permanentes e rescisões onerosas. Para driblar a escassez de mão de obra e os custos fixos na folha de pagamento, essa mistura de vínculos fará cada vez mais parte da realidade das empresas. Esta é uma das tendências do RH já em prática no mercado.

2) Jornada e local de trabalho flexíveis

Há poucas décadas, as áreas de RH lidavam com o desafio de auxiliar a busca do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal dos colaboradores. Porém, a conectividade e mobilidade trazidas pela transformação digital mudaram esse panorama.

Os profissionais estão quase sempre acessíveis, logo o equilíbrio da vida pessoal e profissional dá lugar à necessidade de flexibilidade para trabalhar fora de horários fixos durante a jornada de trabalho tradicional. O ambiente de trabalho deixa de ser exclusivamente em um local fixo, com horário determinado de chegada e saída e torna-se parte integrante da vida da maioria dos profissionais.

3) Análise de dados 

Normalmente os profissionais de RH são contratados por conta da sua habilidade em lidar com pessoas, mas este cenário está se adaptando. Com tantos dados disponíveis no mundo digital, um profissional de RH que saiba reunir estas informações, cruzá-las e tomar decisões a partir disso, ganhou destaque para a área.

O mercado de RH buscará analisar dados para desenvolver, por exemplo, ações voltadas à retenção de talentos e desenvolvimento de lideranças. Essas informações são valiosas, se bem aplicadas, para compreender melhor as pessoas que formam a empresa, como se comportam, o que buscam e como devem ter seu desempenho medido e potencializado.


4) Relacionamento entre o RH e área de TI

Não é mais novidade que o departamento de RH tem mudado a sua maneira de atuação. É cada vez mais importante a atuação de um RH estratégico dentro das empresas. Por esse motivo, os profissionais da área têm aderido ao uso de softwares destinados tanto às tarefas mais operacionais (ponto, folha de pagamento, cálculo de férias, etc.) como também para gestão de pessoas (gerenciamento de produtividade e tarefas, por exemplo).

Em muitos casos, a tecnologia pode ser o principal agente no aumento da produtividade dos colaboradores ou retenção de talentos. Isso acontece porque o uso de aplicativos e ferramentas, em geral, estão tomando conta da rotina do colaborador e criando uma nova maneira de se trabalhar.

Nesse sentido os profissionais de TI acabam se tornando personagens importantes dentro de um RH estratégico, suprindo as necessidades técnicas relacionadas à tecnologia e auxiliando na escolha e uso dos softwares.

5) Mídias sociais

A chegada da geração Millennium ao mercado de trabalho trouxe novos desafios para os profissionais da área, tornando a captação e retenção de talentos uma tarefa ainda mais complexa. Então, não é mais possível deixar de lado as mídias sociais, que tornou-se hoje uma grande vitrine de profissionais.

É lá que a nova geração está buscando trabalho, qualificação e novos desafios e é um excelente ambiente, por exemplo, para se conectar com os jovens e fazê-los conhecer a empresa.

Gostou das tendências do RH em 2019? Acha que esse é o caminho que a área deve seguir mesmo?

 

A Fundação Mudes atua há 52 anos na inclusão de jovens no mercado de trabalho em programas de estágio, aprendiz, trainee e PCD. Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho? Acesse aqui.