Tipos de Gestor: Saiba que tipo de gestor você seria

tipos de gestor

Toda empresa, seja ela de grande, médio e pequeno porte, possui gestores com características distintas. Você consegue reconhecer quais tipos de gestor fazem parte do seu ambiente de trabalho?

E você, se estivesse à frente de uma equipe, que tipo de gestor você seria?

Conheça abaixo os tipos de gestor mais frequentes:

Tipos de gestor e suas características

 

1 – Gestor Democrático

Esse é o tipo de gestor que incentiva que todos os colaboradores participem dos processos, emitam opinião, incluindo-os na tomada de decisões. O gestor democrático acredita no poder da gestão colaborativa, em que todos podem ter algo valioso para contribuir. Ele sabe que os funcionários vivem o dia a dia da empresa de forma intensa, então certamente terão muito a acrescentar quando solicitados.

O gestor democrático costuma ajudar no desenvolvimento dos colaboradores. Além disso, a forma como esse perfil lida com as pessoas as torna mais motivadas e produtivas. Entretanto, é importante tomar cuidado para que não ocorram falhas na comunicação e para não estender mais do que o necessário o processo de tomada de decisão.

2 – Gestor Autoritário

Este gestor possui características de controle e comando, sendo geralmente visto como uma pessoa intolerante ou agressiva. Ele também apresenta muita dificuldade para delegar tarefas, o que acaba afetando diretamente o desempenho e autonomia da sua equipe.

O gestor autoritário é o oposto do democrático e lidera através do medo que os funcionários sentem dele. Em uma empresa gerida por pessoas com o perfil, os colaboradores normalmente não são convidados a opinarem sobre as decisões. Além disso, a forma, geralmente ríspida, de lidar com as pessoas tem um impacto bastante negativo sobre a equipe.

3 – Gestor Coach

Este perfil de gestor tem se tornado cada vez mais comum. Trata-se de um profissional que valoriza o autoconhecimento e busca formas de desenvolver e aperfeiçoar a inteligência emocional de sua equipe. Com isso, sabe lidar de forma empática com os seus colaboradores, promovendo um ambiente de desenvolvimento pessoal.

Este gestor acredita que com inteligência emocional conseguirá lidar de forma muito melhor com os obstáculos do dia a dia, enxergando oportunidades onde outros veriam problemas. Essa visão permite que ele mantenha a sua equipe motivada e preparada para os desafios que surgirem.

Este tipo de gestão foca principalmente no relacionamento interpessoal e no diálogo, pois considera que sua carreira crescerá de acordo com a boa convivência que ele mantém com os demais profissionais.


4 – Gestor Paternalista

Como o próprio nome sugere, o gestor paternalista age como se fosse um pai para os seus funcionários. Os laços com a equipe não se resumem ao profissional, e também envolvem as emoções. Tudo parece muito positivo, entretanto, esse tipo de gestor pode pecar quando o assunto são os resultados, pois as decisões são tomadas com base em sentimentos e não em fatos.

Quando as emoções são a base de uma relação profissional não há imparcialidade, o que é fundamental para uma gestão justa com todos os colaboradores. Outro ponto é que os funcionários mais antigos costumam se acomodar, já que são queridos, independente da forma como agem dentro da empresa.

5 – Gestor Exigente

De todos os tipos de gestor esse perfil possui alto padrão de exigência e cobrança. Característica que até pode ser positivo porque incentiva os funcionários a entregarem melhores resultados. No entanto, esse perfil costuma acreditar que se deseja que algo saia bem feito, ele mesmo deve fazer, então deixa de delegar tarefas que poderiam perfeitamente ser realizadas por outra pessoa. Com isso, pode impedir que os funcionários se desenvolvam e compromete o crescimento da empresa.

Entretanto, o exagero na busca pela perfeição pode não ser tão interessante, pois, ao prender-se demais aos detalhes, perde-se a visão maior do negócio e do mercado de uma forma geral.

6 – Gestor Executor

Uma das características mais marcantes deste tipo de gestor é buscar obstinadamente o alcance de resultados e trabalhar com afinco para que um projeto dê certo. É conhecido popularmente por “mão na massa” Se um problema surge no meio do processo, ele procura rapidamente uma forma de solucionar. Além disso, por meio de planilhas, softwares e metas, este gestor analisa o desempenho de cada membro de sua equipe. Ou seja, sua gestão depende da performance dos seus colaboradores.

Por conta disso, este perfil de gestor foca muito na operação e pode dar pouca atenção no planejamento das ações, o que muitas vezes o torna centralizador e faz com que ele se afaste da equipe.

7 – Gestor Especialista

Esse perfil de gestor se relaciona aos profissionais que contam com uma ampla bagagem de habilidades técnica a respeito da área de atuação da empresa. Contudo, este gestor pode deixar a desejar quando se trata das competências de comportamento, que são fundamentais para se de ter um bom relacionamento com os seus liderados.

Assim, eles têm muito a ensinar aos colaboradores, mas podem possuir dificuldade de transmitir esse conhecimento e de se comunicar e interagir.

Reconhecendo os principais tipos de gestor, reserve um tempo para refletir sobre quais são as características que vão guiá-lo para se tornar, a cada dia, um líder mais capaz de formar times engajados e de alta performance.

A Fundação Mudes atua há 52 anos na inclusão de jovens no mercado de trabalho em programas de estágio, aprendiz, trainee e PCD. Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho? Acesse aqui.