Você tem medo de errar? Veja como combatê-lo

No ambiente corporativo, há o estigma de que o líder não pode errar nunca devido à gravidade das consequências. No entanto, erros acontecem, e até gestores estão vulneráveis a eles. Além de não ter medo de errar, é importante saber reconhecer deslizes e encontrar formas de resolver os problemas, ao invés de apontar culpados.

Uma equipe segura toma mais iniciativas

Se você tem medo de errar, saiba que não está sozinho. Essa é a causa da dor de cabeça da maioria dos líderes. O problema é acreditar que a posição que você ocupa na empresa não pode abrir brechas para falhas porque vai gerar consequências sérias. Essa tensão influencia, negativamente, o engajamento dos colaboradores. Afinal, se mostrar responsável sobre as suas próprias atitudes gera confiança. Com isso, a equipe se sente mais segura para tomar iniciativas importantes para o crescimento do seu negócio.

O medo de errar é perda de tempo

Nenhum profissional é infalível. Por isso, não perca seu tempo tentando esconder um erro ou procurando explicações, quando alguma falha for descoberta. A melhor postura, diante de uma decisão equivocada, é abrir um canal de diálogo com a equipe, para que, juntos, possam encontrar maneiras de resolver o problema. Isso porque estabelecer uma relação de confiança também pressupõe assumir os próprios equívocos. Atitudes como essa ajudam a humanizar sua relação com a equipe e a criar vínculos pessoais e profissionais muito mais firmes, respeitosos e significativos.

Além disso, tentar esconder os erros por medo do que a equipe vai pensar é consideravelmente pior do que admiti-los. É como querer tapar o sol com a peneira. Mais cedo ou mais tarde, todos descobrirão.  E aí você perde o ativo mais precioso que pode ter com os seus colaboradores: sua credibilidade.

Então, não deixe que a sua credibilidade enfraqueça e admita o erro quando ele acontece, contribuindo, assim, para o fortalecimento da sua imagem junto à equipe – desde que não sejam erros que se repitam com frequência –, com consistência e transparência. E essa postura ainda serve de modelo para os seus colaboradores.

Reconheça um erro e aprenda a lidar com ele

Reconhecer os erros é um sinal de maturidade profissional e reflete no estímulo que você pode passar para a sua equipe. Para isso, tente sempre compreender todos os aspectos que levaram a um erro e levante o maior número possível de informações antes de tomar uma decisão.

Lembre-se que o erro faz parte de qualquer processo de aprendizagem e o método mais comum para a resolução de problemas é por tentativa e erro.  Assim, o medo não deve ser evitado, mas compreendido como parte natural do processo. A melhor forma de lidar com isso é buscar conselhos de outras partes interessadas que podem ter perspectivas enriquecedoras para o problema em questão.  Ficar sozinho, tentando ser super-homem, é o oposto do recomendado.


Para entender melhor como o MUDES pode ajudar a sua empresa a recrutar os melhores candidatos, entre em contato!